Share |

Sobre: Via do Infante

Fevereiro 5, 2015

Plataforma organiza no sábado 7 de fevereiro uma marcha que sairá de dois pontos – Vila Real de Santo António e Ayamonte – pela livre circulação na Via do Infante. Comunicado lembra que devido às portagens Ayamonte perdeu 30% de visitantes portugueses em 2014, enquanto o Algarve perdeu 50% de visitantes espanhóis.

Janeiro 23, 2015

VILA REAL DE STO ANTÓNIO, Parque do Mercado Municipal, 16h

AYAMONTE, Rotunda do Polígono Industrial, 17h (hora espanhola)

Dezembro 2, 2014

A plataforma A22 - que reune coletivos ibéricos -foi criada com o propósito de combater o flagelo consequente da introdução de portagens na Via Infante de Sagres (A22).
Na sua segunda reunião, realizada no passado dia 27 de novembro em Ayamonte (Espanha), o coletivo revelou que prepara novas ações de luta, entre as quais uma que inclua a Ponte Internacional do Guadiana.

Outubro 28, 2014

O Bloco de Esquerda (BE) em colaboração com Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI) promoveram no passado sábado, dia 25 de outubro, a 1ª reunião transfronteiriça de trabalho com o objetivo de debater a problemática das portagens na Via Infante de Sagres-A22, e, outros assuntos relacionados com as questões de mobilidade na região do Algarve e na sua ligação ao sul de Espanha.

Julho 27, 2014

O BE Algarve não desiste da luta e apela a todos os que se sentem prejudicados  pelas portagens e obras da EN 125 paradas para participarem nos protestos.

Abril 15, 2014

O Bloco de Esquerda apresentou um projeto de resolução pela suspensão imediata das portagens na Via do Infante - A22, em articulação com o reconhecimento, por parte do Governo, da requalificação da EN 125 e a eletrificação e modernização da linha férrea do Algarve como investimentos prioritários.

Novembro 28, 2013

O Bloco de Esquerda apresentou o Projeto de Lei pela Isenção de Portagens na Via do Infante (A22). A iniciativa parlamentar pretende estabelecer a isenção da cobrança de portagens em todos os lanços e sublanços da Via do Infante devido a um quadro socioeconómico onde se agravou a crise e pela inexistência de uma via rodoviária alternativa na região.

Junho 16, 2012

A introdução de portagens na Via do Infante, pelo governo PSD/CDS e com o apoio do PS, significa uma autêntica tragédia económica e social para uma região que vive essencialmente da actividade turística: o agravamento da crise com a falência de inúmeras empresas, cerca de 50 mil desempregados, o sofrimento dos utentes devido ao caos no trânsito, mais feridos e mortos na EN 125.

Novembro 8, 2011

O Secretariado da Comissão Coordenadora Distrital do BE saúda a luta da Comissão de Utentes da Via do Infante pela sua determinação na resistência contra a introdução de portagens na referida Via (A22).

Julho 19, 2011

 

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) pediu hoje ao Governo que suspenda a introdução de portagens na Via Infante (A22).

No projecto de resolução hoje apresentado pelo BE na Assembleia da República e divulgado em comunicado, o grupo avisa que a actual situação económica da região não é compatível com a introdução de portagens na A22.

Maio 26, 2011

A Comissão de Utentes da Via do Infante e o Movimento “Algarve – Portagens na A22 Não” organizão uma nova grande Marcha de Protesto, denominada Marcha do Aeroporto, contra a introdução de portagens na Via do Infante, no próximo dia 28 de Maio.

Novembro 15, 2010

Na ultima sessão da Assembleia Intermunicipal do Algarve, realizada terça-feira dia 23 de Novembro, o Bloco de Esquerda, através do seu eleito naquele órgão, denunciou a actuação do Conselho Executivo presidido por Macário Correia, que contrariando a expressão de vontade da Assembleia Intermunicipal tem vindo a negociar com o Governo a introdução de portagens na Via do Infante em troco de algumas pretensas contrapartidas.

Novembro 10, 2010

A luta contra as portagens na Via do Infante vai intensificar-se. Apesar da crise – que não foi provocada por quem trabalha, nem pelos desempregados, nem pelos precários, nem pelos utentes da Via do Infante e outros cidadãos – não vale tudo! Será uma grande injustiça, uma aldrabice e um golpe tremendo para o Algarve e as suas populações a introdução de portagens na Via do Infante.