Share |

Confirmada presença de Espanhóis da Andaluzia na Marcha do Aeroporto

 

A Comissão de Utentes da Via do Infante e o Movimento “Algarve – Portagens na A22 Não” organizão uma nova grande Marcha de Protesto, denominada Marcha do Aeroporto, contra a introdução de portagens na Via do Infante, no próximo dia 28 de Maio.

Os automobilistas e outros utentes vindos de todos os pontos do Algarve irão concentrar-se no Parque das Cidades (Estádio do Algarve), de onde partirão pelas 16.00 horas, em marcha lenta na EN 125, de acordo com o seguinte percurso: 

- Parque das Cidades;  Rotunda do Aeroporto; Rotunda do Fórum Algarve; Rotunda do Teatro Municipal; Rotunda do Hospital de Faro; Rotunda dos Salgados; Rua do Moinho da Palmeira; Estrada do Bom João; Rua Eng. Joaquim Lopes Belchior; Largo de S. Francisco, em Faro.

Desde já, a organização comunica que está confirmada, nesta marcha de protesto, a participação de manifestantes espanhóis da Andaluzia, onde se destaca a presença de uma delegação da Esquerda Unida de Ayamonte. Tudo leva a crer que alguns Alcaides da Província de Huelva também marcarão presença no protesto contra as portagens na A22. Trata-se de uma evidência bem real que as portagens na Via do Infante irão penalizar e afectar gravemente as relações sociais e económicas, tanto na região do Algarve, como na Andaluzia.

Como se sabe, o PS e o PSD serão os grandes responsáveis pela introdução de portagens no Algarve. Mais uma vez, a organização desta marcha de protesto volta a desafiar os candidatos às eleições legislativas pelo Algarve, de todas as forças políticas concorrentes, a participarem nesta acção. E se tiverem coragem, que declarem que opor-se-ão, dentro e fora do Parlamento, à introdução de portagens na A22, caso sejam eleitos Deputados.

A organização apela a todos os algarvios e utentes da Via do Infante que participem massivamente nesta grande acção de protesto, transformando o seu descontentamento em indignação e revolta contra esta flagrante injustiça, que constituirá a introdução de portagens no Algarve.