Share |

Artigos

Março 2, 2021 09:20 AM

João Vasconcelos expôs algumas das maiores preocupações do Bloco relativamente à permanência da crise económica e social que, de há um ano, se abate sobre a região, em consequência da pandemia da Covid-19. Deu relevo ao crescente número de desempregados e de precariedade laboral, assim como de grande número de trabalhadores informais sem trabalho e completamente dependentes dos apoios governamentais e camarários.

No passado dia 1 de março realizou-se, via online, a pedido do Bloco de Esquerda do Algarve, uma reunião entre elementos do BE e da delegação regional do IEFP. Por esta delegação, esteve presente a Delegada Regional, Madalena Feu, e António Palma, diretor dos Serviços de Emprego e Formação Profissional. O deputado João Vasconcelos, Celeste Santos, Augusto Taveira, do Secretariado do BE/Algarve, Vítor Ruivo, do Grupo Laboral e Marco Pereira representaram o partido.

João Vasconcelos expôs algumas das maiores preocupações do Bloco relativamente à permanência da crise económica e social que, de há um ano, se abate sobre a região, em consequência da pandemia da Covid-19. Deu relevo ao crescente número de desempregados e de precariedade laboral, assim como de grande número de trabalhadores informais sem trabalho e completamente dependentes dos apoios governamentais e camarários.

Fevereiro 27, 2021 06:27 PM

Na passada sessão ordinária da AM de Olhão, dia 11 de fevereiro, destacaram-se temáticas relacionadas com o ambiente, a título informativo e deliberativo. Saliente-se o centralismo de decisão que, por um lado decide unilateralmente e comunica as delimitações da reserva ecológica no concelho com o argumento da representatividade legítima do poder político sufragado, e por outro lado condiciona a aceitação de moções em áreas “pouco amigas” da intervenção autárquica, remetendo para momento posterior decisões mais abrangentes que se querem baptizar com carimbos que não os originais – a moção do bloco relativa à substituição dos plásticos nas práticas comerciais de empresas públicas, como a Mercados de Olhão (ver no interior considerações e moção apresentada)

DESAFETAÇÃO DE ÁREAS CONCELHIAS DA REN

Fevereiro 27, 2021 05:41 PM

Já conheces todas as páginas oficiais do Bloco de Esquerda nas redes sociais?

Segue-nos em todas aqui: https://linktr.ee/blocodeesquerda

 

 

 

 

 

 

 

E também já conheces as nossas páginas do Bloco de Esquerda de Portimão?

Site institucional: https://www.facebook.com/blocodeesquerda.portimao

Twitter: https://twitter.com/BPortimao

Fevereiro 27, 2021 04:39 PM

A nossa Recomendação ia no sentido de que o Município assinale institucionalmente os dias internacionais e nacionais que promovem os Direitos Humanos e o combate às discriminações, alguns já o fará e outros deixamos a recomendação.

 

Assim como que incentive à organização de iniciativas públicas, em diálogo e colaboração com as organizações e movimentos sociais do concelho, promovendo assim o debate, formação e informação da população e dos jovens em particular.

Estranhamente, e mais uma vez o PS Portimão mostrou que apenas aceita as suas propostas, nunca olhando ao que a oposição apresenta. A bancada municipal do PS Portimão votou contra esta recomendação, sem argumentos e apenas porque já o fazemm , mesmo que em parte.

Considerando que existem condições de marginalização e discriminação na nossa sociedade, sejam de género, identidade de género, orientação sexual, raça, diversidade funcional, nacionalidade, entre outras;

Considerando que o fenómeno do bullying é um ataque à vertente física, psicológica e moral de um indivíduo, e que pode afetar psicologicamente a pessoa, podendo levar a pessoa ao limite do desespero;

Fevereiro 27, 2021 03:04 PM

 

 

João Vasconcelos, afirma que o executivo e a Presidente não estão a cumprir a lei no que respeita à transmissão das reuniões de Câmara por videoconferência.

Na última reunião de Câmara, o nosso Vereador João Vasconcelos, afirmou que o executivo e a Presidente não estão a cumprir a lei no que respeita à transmissão das reuniões de Câmara por videoconferência.

De acordo com a lei as reuniões por videoconferência têm de assegurar a participação do público (isto também se aplica à assembleia municipal, assembleias e juntas de freguesia).

A autarquia tem a obrigação de criar essas condições, naturalmente também por videoconferência. As pessoas estão a ter muitas dificuldades para colocar os seus problemas e a pandemia não pode ser justificação para essas dificuldades.

A pandemia não suspendeu a democracia.

Ainda ontem, a bancada do PS voltou a chumbar nova proposta da oposição para transmissão, via streaming, das assembleias.

Fevereiro 27, 2021 02:52 PM

Os vários planos desenvolvidos de apoio à pandemia, revelam um total desprezo pelo desporto e pela atividade física.

É tempo de dizer: Nada nem Ninguém fica para trás nesta pandemia

 

Partilha-se texto de contributo para a Conferência Autárquica Online do Bloco de Esquerda, que está a decorrer hoje.

"A pandemia da COVID-19 tem tido ao nível do mundo do desporto um impacto negativo altamente significativo, tanto a nível desportivo propriamente dito, como económico e social.

 

Em todo o Mundo, as competições desportivas têm sido suspensas ou canceladas, incluindo os maiores eventos desportivos agendados para 2020 e mesmo 2021.

Fevereiro 27, 2021 02:33 PM

O escrutínio público e a transparência da atividade política, são elementos fundamentais para a democracia e para aumentar a confiança da população nos órgãos políticos.

Este é o meu “grito” de apelo para que se acabe este mandato melhor do que se começou.

Caro João Vieira

Presidente da Assembleia Municipal de Portimão,

 

O escrutínio público e a transparência da atividade política, são elementos fundamentais para a democracia e para aumentar a confiança da população nos órgãos políticos.

 

É verdade que os serviços da Assembleia Municipal de Portimão têm vindo a fazer um caminho melhorado, disponibilizando no espaço próprio, alguma documentação.

 

Mas, a também verdade é que ainda falta muito. Se apenas analisarmos os últimos anos do presente mandato, verificamos que existe inúmeras lacunas na disponibilização de documentação no site da assembleia.

 

Fevereiro 27, 2021 11:54 AM

Comício Virtual do 22º aniversário do Bloco de Esquerda, com Catarina Martins

Hoje, às 17h, em direto na página de facebook do Bloco de Esquerda

Comício Virtual do 22º aniversário do Bloco de Esquerda, com Catarina Martins

Hoje, às 17h, em direto na página de facebook do Bloco de Esquerda

Fevereiro 25, 2021 04:27 PM

O governo anunciou um plano de recuperação para o Algarve, mas ainda não passou do papel. Há que apoiar, com urgência, os trabalhadores, famílias e empresas. Há que aproveitar o momento para fazer os investimentos que o Algarve necessita, nomeadamente para a modernização dos serviços públicos, a construção do novo Hospital Central, o combate à desertificação e à interioridade regional, os apoios para a pequena produção agrícola e para a modernização da frota pesqueira e das suas infraestruturas, a aposta nas energias renováveis e nas novas tecnologias, uma melhor mobilidade, a concretização do plano de eficiência hídrica para fazer face à falta de água e às alterações climáticas, etc.

Há cerca de um ano, quando começou a pandemia, que se fala na tal bazuca de muitos milhões de euros, os quais viriam inundar o país para combater a crise. Uma coisa é certa: já se passou um ano, a crise alastra e agrava-se cada vez mais e nem um cêntimo chegou ainda ao país. Os eurocratas, as instituições europeias, pelos vistos, não estão preocupadas com a crise que castiga sempre os mais débeis e necessitados.

A pandemia pôs a descoberto as debilidades do país e, muito em particular, regiões como o Algarve que vive quase exclusivamente do turismo. É a região onde o desemprego mais aumentou – já são mais de 35 mil desempregados e há milhares de micro e pequenas empresas que irão à falência, aumentando ainda mais as pessoas sem trabalho, se não forem devidamente apoiadas.