Share |

BE insta Governo a requalificar fortaleza na Praia da Rocha

O Bloco de Esquerda apresentou um Projeto de Resolução que recomenda ao Governo a urgente requalificação da Fortaleza de Santa Catarina situada na Praia da Rocha em Portimão.

Os deputados bloquistas consideram que o estado de degradação em que o monumento atualmente se encontra é insustentável na medida em que representa um perigo público e "transmite uma imagem nada abonatória para a instância turística de nome nacional - a Praia da Rocha".

Neste quadro, o Bloco insta o Governo a realizar as intervenções necessárias e adequadas de forma a que este monumento, sob a responsabilidade da Administração dos Portos de Sines e do Algarve, volte a ser um espaço digno, valorizado e aprazível.

A Fortaleza de Santa Catarina de Ribamar, mais conhecida como “Miradouro de Santa Catarina”, localiza-se na Praia da Rocha, concelho de Portimão. Esta fortificação foi construída no reinado de Filipe III com o propósito de defesa das populações locais e a barra do rio Arade, cooperando com o Forte de São João do Arade, na margem oposta do rio, em Ferragudo.

A partir de 1960 e depois de ocupado pela Polícia Marítima e Guarda Fiscal, o forte foi transformado num miradouro turístico a pontuar e engrandecer toda a marginal da Praia da Rocha, já então uma estância turística de renome internacional. Nesse período o monumento foi sujeito a um conjunto de intervenções que lhe devolveram a dignidade,  e o tornaram funcional para os novos fins a que se destinava. Dotado dum quiosque, bar-esplanada e restaurante, o miradouro tornou-se num ponto de referência em toda envolvente da Praia da Rocha. Atualmente, a Fortaleza de Santa Catarina e o seu miradouro continua a ser muito procurada e visitada por turistas e populações locais.

Ler na integra a iniciativa legislativa apresentada.