Share |

GREVE GERAL

Event Dates: Quinta, 27 Junho 2013

O secretário-geral da CGTP apelou à participação das pessoas na Greve Geral, salientando que “quanto menos oposição houver a este Governo, mais destruição do tecido económico e social” haverá e “mais falências, mais despedimentos e mais desemprego” ocorrerão. Para o dia da Greve Geral estão convocadas concentrações e manifestações em mais de 40 cidades.

O secretário-geral da CGTP esteve nesta segunda-feira em Coimbra, contactando ativistas sindicais e mobilizando trabalhadores para a Greve Geral, tendo participado, de manhã, num plenário de funcionários da Olympus e, à tarde, em plenários de trabalhadores do CHUC (Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra) e da empresa Dan Cake.

Em conferência de imprensa em Coimbra, Arménio Carlos denunciou que “o medo que alguns querem instalar é que não vale a pena fazer [greve] ou que [com ela] se estão a pôr em causa os postos de trabalho” e afirmou que não há motivos para ter medo de fazer greve dia 27, frisando que o Governo é que tem razões para “ter medo que os trabalhadores percam o medo”.

O secretário-geral da CGTP sublinhou ainda: “Quanto mais interviermos, em melhores condições estamos não só para assumir o nosso protesto e indignação contra esta política, mas também para reafirmarmos as propostas da CGTP, que as temos, que as continuamos a apresentar como solução e alternativa para responder aos problemas dos portugueses e de Portugal”.

No distrito de Faro, estão convocadas manifestações e outras ações para Faro, Portimão e Vila Real de Santo António. Consulta aqui os locais (dados retirados do site da CGTP para a Greve Geral):

Faro - a partir do Jardim Manuel Bívar - 15:30 (manifestação)

Portimão - Alameda - 15:30 (concentração)

Vila Real de S. António - Praça Marquês de Pombal - 15:30 (concentração)

 

Lê mais sobre a greve geral no esquerda.net