Share |

Sobre: faro

Maio 1, 2018

O Hospital de Faro não reúne condições técnicas para a realização de mamografias, acusa o Bloco de Esquerda, tendo questionado o Governo sobre esta anomalia.

Os deputados João Vasconcelos, Moisés Ferreira e Jorge Falcato querem saber por que razão aquela unidade hospitalar não está a dar resposta aos utentes, quais as medidas implementadas para resolver a avaria no equipamento, e quando se prevê que o mesmo esteja novamente a funcionar.

Março 15, 2018

Os deputados do Bloco de Esquerda estão preocupados com eventual falta de aplicação da Lei 57/2017, de 19 de julho, na Universidade do Algarve, tendo questionado o Governo sobre esta matéria, designadamente sobre quantos bolseiros de pós-doutoramento estão abrangidos pelo referido diploma e quantos concursos ao abrigo do mesmo diploma tenciona a UAlg lançar. Consulte aqui a pergunta dirigida ao Governo através do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Março 14, 2018

FARO, Instituto Portugês do Desporto e da Juventude (Rua da PSP - mapa), a partir das 21h.

Março 8, 2018

O Bloco de Esquerda questionou o Governo acerca da demissão de três diretores do serviço de medicina interna do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA) o qual, e segundo o Sindicato Independentes dos Médicos (SIM), tem na sua origem a apresentação duma proposta por parte do Conselho de Administração do CHUA, para “excluir idosos dos cuidados de saúde que lhes são devidos e a que têm direito constitucional”, a qual foi considerada pelos profissionais médicos como “desumana e condenável”.

Fevereiro 17, 2018

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda apresentou Projecto de Resolução que recomenda "a imediata suspensão de novas demolições de casas nos núcleos do Farol e dos Hangares, previstas para dia 27 de Fevereiro". A este propósito, João Vasconcelos, deputado eleito pelo círculo do Algarve, apresentou ainda uma segunda iniciativa, onde requer, com carácter de urgência, uma audição ao Ministro do Ambiente, Matos Fernandes. 

Março 23, 2017

A legislação sobre a morte assistida é uma das apostas do Bloco para esta legislatura. Trata-se de uma lei que define e regula as condições em que a antecipação da morte por decisão da própria pessoa com lesão definitiva ou doença incurável e fatal, e em sofrimento duradouro e insuportável, quando praticada ou ajudada por profissionais de saúde, não é punível.

Março 22, 2017

FARO, Universidade do Algarve, auditório da Faculdade de Economia (campus de Gambelas), 15h30

Fevereiro 24, 2017

João Vasconcelos e Moisés Ferreira, autores da iniciativa, consideram ser preciso um investimento imediato e urgente no CHA, sendo necessário suprir necessidades, as quais, acreditam os parlamentares do Bloco, não passam por meras medidas de gestão e organização, mas sim um compromisso da tutela para um reforço de investimento. Consulte aqui a pergunta dirigida ao Ministério da Saúde.

Janeiro 9, 2017

FARO, Club Farense (Rua de Sto António 30),21h30

Dezembro 5, 2016

FARO, restaurante Sol e Jardim (Praça Ferreira de Almeida 22, 8000-172 Faro), 20:00 horas

Novembro 4, 2016

O deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo Algarve, João Vasconcelos, questionou por escrito o Ministro das Finanças, Mário Centeno, acerca dos motivos que levaram a Secretaria de Estado do Orçamento a inviabilizar o pedido de execução de investimento por parte do município de Faro.

O parlamentar bloquista considera que o Ministério das Finanças deve levantar o veto da Secretaria de estado do Orçamento de forma a permitir que o plano de intervenção seja executado com a maior urgência. Consulte aqui a pergunta dirigida ao Ministério das Finanças.

Outubro 27, 2016

FARO, Club Farense (Rua de Santo António, 30), 21:30

Abril 12, 2016

João Vasconcelos e Joana Mortágua questionaram o Ministério da Educação acerca da venda de dicionários e enciclopédias de inglês numa escola do concelho de Faro. Consulte aqui a pergunta dirigida ao Ministério da Educação.

Março 22, 2016

O Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Saúde acerca da inoperacionalidade do polo de saúde no sítio da Bordeira, devido a uma formalidade técnica.

João Vasconcelos afirma tratar-se de "uma unidade de saúde importante para a população, prestando um serviço de proximidade que não deve ser descurado". O parlamentar algarvio considera ainda ser "necessário e certamente possível encontrar uma solução adequada a esta extensão de saúde, de modo a que possa funcionar com normalidade". Consulte aqui a pergunta dirigida ao Ministério da Saúde.