Share |

Sobre: Trabalho

Maio 27, 2016

Grave exemplo é o dos falsos recibos verdes como os trabalhadores das bilheteiras de quase todos os postos de venda de títulos de transporte do Algarve, cerca de vinte pessoas, a grande maioria mulheres, algumas já com muitos anos do mesmo trabalho, em que todas estão sob ordem das empresas, nas suas instalações e a trabalhar com os meios fornecidos pelas mesmas, mas o fazem sem quaisquer direitos, trabalham à comissão, com horários muito alargados, sem direito a férias, subsídio de férias, subsídio de natal, nem folgas, pois se as tiverem não terão qualquer salário. Alguns patrões “condoídos” dão-lhes a esmola de 5% do que ganham, para a ajuda ao pagamento da Segurança Social.

Abril 19, 2016

Para o BE/Algarve só o regresso da ANA à esfera pública, a não privatização nem degradação da TAP e uma regulação rigorosa e punitiva por parte da ANAC e ACT sobre os abusos das empresas poderá pôr cobro ao actual descalabro.

Maio 8, 2015

Cecília Honório e Mariana Mortágua remeteram um conjunto de perguntas ao Ministério de Pires de Lima relativas ao despedimento dos 12 trabalhadores da Portway no Aeroporto de Faro. As deputadas do Bloco de Esquerda querem ver esclarecidas as razões da não renovação de contrato entre a ANA e a Portway no Aeroporto de Faro e como o Ministério avalia estes despedimentos tendo em conta os contratos efetivos, a experiência e qualificação dos trabalhadores. Ler aqui a pergunta dirigida ao Ministério da Economia.

Abril 23, 2015

Cecília Honório pediu esclarecimentos ao Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social acerca dos reais motivos que levaram ao despedimento dos 12 trabalhadores/as das "mangas" do Aeroporto de Faro". Ler aqui a pergunta dirigida ao Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.

Abril 8, 2015

Cecília Honório questionou o Ministério da Economia acerca do eventual despedimento dos 44 trabalhadores da Litográfica do Sul.

A deputada do Bloco exige saber que esforços serão realizados (pelo Governo) para a manutenção da empresa e dos seus 44 postos de trabalho, na eventualidade de ter lugar um despedimento coletivo na sequência do processo de insolvência. Ler aqui a pergunta dirigida ao Ministro da Economia.

Março 27, 2015

Cecília Honório questionou o Ministério da Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social sobre o não pagamento de salários e subsídios a ex-funcionários da empresa Green Stairs, entidade gestora do complexo habitacional e turístico Clube Praia da Rocha, localizado em Portimão.

A deputada do Bloco de Esquerda quer saber quais as medidas que serão tomadas, de imediato, para que estes/as trabalhadores/as recebam o que têm a haver, garantido a regularização das dívidas aos ex-funcionários por parte da entidade patronal e se esta será responsabilizada na sequências de ações de apuramento de responsabilidades que o Governo deve tomar tendo em conta a atual situação. Ler aqui a pergunta dirigida ao Governo.

Janeiro 22, 2015

O Bloco questionou o ministro da solidariedade, trabalho e segurança, Mota Soares, sobre se a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a acompanhar, por um lado, o cumprimento da legislação laboral na liquidações da Portimão Urbis e, por outro, os contratos de cessão da posição contratual no contrato de trabalho entre a Portimão Urbis e outras empresas municipais.

Março 3, 2014

Associação de Combate à Precariedade realiza sessão de esclarecimentos em Faro no próximo dia 7 de Março

Agosto 6, 2012

 

Os trabalhadores da Alicoop vieram do Algarve até à sede da Caixa para exigir que o banco público deixe de boicotar a viabilização da empresa.
Novembro 25, 2011

Os militantes e ativistas do Bloco de Esquerda de Faro saúdam as trabalhadoras e trabalhadores, as desempregadas e desempregados bem como os estudantes de Faro pelo histórico sucesso da Greve Geral. Este dia foi um sinal inequívoco do descontentamento dos portugueses em relação ao caminho que o governo escolheu para o país.

Novembro 19, 2011

A deputada do Bloco de Esquerda eleita pelo Algarve, Cecília Honório, [reuniu a 16 de Novembro] com responsáveis do Grupo Alicoop para analisar e conhecer melhor a situação dos trabalhadores da cadeia de supermercados Alisuper que estão com salários em atraso.

Março 2, 2011

Até então a maior cadeia de supermercados do Algarve, a Alisuper será reduzida a 16 lojas e a pouco mais de 50 funcionários.

Fevereiro 24, 2011

Meio milhar de pessoas num protesto organizado pela União de Sindicatos do Algarve. O Bloco prepara-se para exigir na AM, contratos para todos os precários da câmara.

Dezembro 5, 2010

Na tarde do feriado de dia 1 de Dezembro, centenas de cidadãos farenses prescindiram do triste passeio dos tristes num qualquer hipermercado da cidade e voltaram a manifestar a sua solidariedade com os trabalhadores da Groundforce.