Share |

Visitas de trabalho parlamentar em Portimão

Na passada segunda-feira, dia 11 de março, o deputado João Vasconcelos, do Bloco de Esquerda, eleito pelo Algarve, realizou um conjunto de visitas e reuniões de trabalho em Portimão. Foi acompanhado por alguns dirigentes regionais e locais bloquistas.

Na parte da manhã teve lugar uma reunião com a Direção do Agrupamento de Escolas Poeta António Aleixo e uma visita à Escola Secundária Poeta António Aleixo. Nesta reunião o Diretor do Agrupamento manifestou algumas preocupações com a falta de rejuvenescimento do corpo docente e a carência de professores que se fazem sentir em alguns grupos disciplinares. Por outro lado, também existem dificuldades ao nível de assistentes operacionais e que a contratação destes devia ser realizada de forma mais célere. O deputado também abordou a questão da descentralização de competências na área da educação, referindo que o Bloco não concorda com o processo, receando que as escolas e os professores venham a perder autonomia pedagógica e profissional com a sua implementação.

Na parte da tarde verificou-se no Centro de Saúde de Portimão uma reunião com a Diretora Executiva do Agrupamento dos Centros de Saúde do Algarve Barlavento e outros responsáveis do Agrupamento, onde foi constatado a falta de cerca de 10 médicos só no Centro de Saúde da cidade, para fazer face a 15 mil utentes que ainda se encontram sem médico de família. Também existem bastantes dificuldades ao nível de assistentes operacionais. Também foi discutida a questão da descentralização de competências em curso na área da saúde, referindo o deputado que a área da saúde (tal como a educação), não devem passar para as autarquias, pois irá levar à desresponsabilização do Estado nestas áreas e a um agravamento das dificuldades em serviços de acesso universal.

Ainda na parte da tarde efetuou-se uma visita ao Quartel dos Bombeiros Voluntários de Portimão e uma reunião com o Comando operacional dos Bombeiros. O Comandante apresentou aos visitantes o plano de ação desta entidade e manifestou algumas preocupações que afetam os bombeiros voluntários. Há a destacar, em particular, a criação de uma carreira única a nível nacional dos Bombeiros, independentemente da entidade a que pertençam, a diminuição da idade para a aposentação e o reforço dos incentivos ao voluntariado. Para o Bloco de Esquerda estas também são as suas preocupações e irá levantá-las junto da tutela. É preciso garantir condições dignas de trabalho e de segurança para todos os bombeiros. Importa dignificar os bombeiros voluntários e profissionais.