Share |

Sindicatos preparam manifestação para dia 13

No passado dia 6 de Março, a União dos Sindicatos do Algarve (USAL/CGTP) promoveu uma concentração em frente ao Governo Civil de Faro, para protestar contra a subida do desemprego na região. Em Fevereiro estavam 19716 trabalhadores registados no conjunto dos Centros de Emprego do distrito. Mais 30,8% do que no mês anterior. A realidade é, de certeza, ainda maior e a tendência não é para diminuir. Só talvez lá para o Verão.

A concentração inseriu-se nas várias acções com vista a mobilizar a participação na manifestação nacional que vai realizar-se na tarde de dia 13, em Lisboa. A USAL e os sindicatos, como é habitual, organizam o transporte em autocarros que partirão de várias localidades do Sotavento ao Barlavento. A deslocação é gratuita e aberta a qualquer trabalhador, mesmo que não sócio dos sindicatos. Para tal, basta contactar um deles, ou a própria União.

No folheto em que apela à participação no protesto, a CGTP acentua: ”Os 9 principais grupos económicos e financeiros tiveram, em 2008, mais de 4000 milhões de euros de lucro! Os grandes defensores de “menos Estado social”, são os primeiros na pedinchice ao Estado. Quer dizer que, com outros contornos, o “assalto” continua! É isto que é preciso inverter. É preciso romper com este passado, que põe em causa o presente e compromete o futuro”.