Share |

Cecília Honório no concelho de Faro

 

Amanhã, dia 12 a deputada eleita pelo Algarve Cecília Honório estará em Faro.

Do programa de trabalho destacam-se as seguintes iniciativas:

13.00H Estação dos Correios de Mar e Guerra, concelho de Faro;

Encontro com os trabalhadores dos Correios. No encontro a deputada será informada sobre os processos disciplinares impostos a 30 carteiros, que apesar de não terem condições dignas tomam duche no final do seu giro. Direito que lhe assiste e que está consagrado no acordo de trabalho destes profissionais.

Outro problema que preocupa o Bloco de Esquerda é a situação dos trabalhadores da Câmara Municipal de Faro. O seu presidente, Macário Correia, recusou receber a deputada eleita pelos algarvios, tanto no dia 12 como em data alternativa, por alegada falta de espaço na sua agenda. Está prevista uma reunião da deputada Cecília Honório durante a tarde com a direção local do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local, STAL na sede deste Sindicato (Rua Cidade de Bolama, Edif. Austral,Bloco C - Loja D. Faro). 

A partir das 17H00 Cecília Honório e os eleitos locais do Bloco de Esquerda reunirão com os trabalhadores da CMF, na biblioteca municipal de Faro. Nesta reunião serão auscultados os trabalhadores da administração local sobre a vaga de não renovação dos contratos dos trabalhadores precários da autarquia (um eufemismo para despedimentos), que transformaram a CMF no maior desempregador do concelho de Faro! Também a fusão das empresas municipais vem anunciar novos despedimentos (dispensas) por parte desta autarquia.

Será, também, discutido o modo aviltante como o presidente da CMF se refere na comunicação social à generalidade dos trabalhadores da autarquia, transformando-os nos bodes expiatórios dos problemas financeiros e de organização dos serviços que resultam do desastre que tem sido a governação da Autarquia pelos partidos do bloco central dos interesses.

Também no mesmo dia, o Bloco de Esquerda concretizará duas sessões de propaganda contra o PEC com uma rábula sobre este tema e distribuição de material: pelas 13h na Rua de Santo António e, se houver tempo a seguir ao encontro com os trabalhadores da CMF, pelas 18h30min na Atalaia.