Share |

A luta toda contra o governo da troika

 

Sábado passado terminou o prazo para a apresentação de candidaturas para o mandato ao biénio 2012-2014 da Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda na região Algarve. Colhendo activistas de todo o Algarve, a lista “Afirmar um bloco socialista para a luta toda no Algarve na era dos credores” apresenta na sua moção de candidatura como “objectivo central a luta toda, com determinação e sem vacilações, contra o governo da troika que está a conduzir a região para o desastre e a ruína”.

Representativa da maioria dos Concelhos da região Algarvia, a lista encabeçada por João Vasconcelos, um dos rostos do movimento de luta contra as portagens na Via do Infante, aponta todo o seu programa contra as medidas da troika na região, procurando “criar um amplo movimento social contra a troika” apoiando cidadãos e movimentos sociais “onde quer que se encontrem – nos sindicatos, nas autarquias, nos locais de trabalho, na rua” numa ampla convergência de “combate às várias medidas desta política”.

O direito ao trabalho com direitos, a precariedade, e pobreza e exclusão social, a par com a luta contra a destruição dos serviços públicos, o direito à mobilidade e a defesa da regionalização são alguns dos tópicos a que os bloquistas dedicam maior atenção no seu texto programático. No referido programada pode ler-se ainda, no ponto dedicado às eleições autárquicas de 2013, o propósito de lançar “candidaturas próprias empenhadas na disputa de um espaço político de maior representação.” Este “programa autárquico à esquerda” não exclui “hipóteses de convergência com movimentos de cidadãos” para o “reforço na região de um campo autárquico de esquerda na defesa dos cidadãos contra as políticas da troika.”

A lista candidata integra como efectivos, além de João Vasconcelos (Portimão), João Brandão (Faro), Manuela Goes (Lagos), Álvaro Delgado (Loulé), José Moreira (Faro), Mariette Martinho (Quarteira), Jorge Ramos (Lagoa), Luís Mariano (Olhão), Carla Escarduça (Lagos), José Veia (Vila Real Sto António) e Nuno Viana (Tavira). Os suplentes são Sílvia Portal (Portimão), José Manuel do Carmo (Tavira), Miguel Madeira (Portimão), Andreia Pais (Lagoa), Sebastião Pernes (Vila do Bispo) e Bernardino Guia (Silves).

A Assembleia Eleitoral do Bloco de Esquerda para eleição do órgão de coordenação política na região do Algarve terá lugar no dia 7 de Julho na Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, entre as 15h e as 19h.