Share |

Contra as manobras de destruição da urgência do Centro de Saúde de Loulé

O funcionamento da Urgência do Centro de Saúde de Loulé tem sido afetado nos últimos dias por sucessivas faltas de médicos, enfermeiros e materiais de consumo médico, que conduziram a períodos de encerramento . Também a ambulância SIV do INEM sediada no CS Loulé tem tido falta de meios humanos, o que resultou em  períodos em que não esteve disponível para prestar socorros.

Estas situações acontecem em resultado da politica de cortes que o governo do PSD \ CDS vem impondo no Serviço Nacional de Saúde, com a consequente degradação dos cuidados de saúde prestados às populações. 

Isto não são acontecimentos isolados, são  parte de uma estratégia de cortar nos serviços públicos para dar a ganhar aos grandes grupos privados do sector da saúde.

Ninguém pode ter dúvidas, trata-se de mais uma forma de roubar aos mais pobres os mais elementares direitos a uma vida digna, roubar quem não pode recorrer aos seguros de saúde e às clínicas privadas.

Face a mais esta ofensiva que visa objectivamente o fecho das urgência do CS Loulé  só uma demonstração maciça de rejeição de toda a população poderá forçar o governo a recuar nas suas intenções.

A Comissão Coordenadora Distrital de Faro e a Comissão Coordenadora Concelhia de Loulé do Bloco de Esquerda apoia a manifestação convocada por um grupo de cidadãos para dia 28 Maio às 18h.30m frente à câmara  e apela a todos os louletanos a participar nessa jornada de luta.

Pela luta na rua vamos combater as intenções do Governo encerrar a urgência do Centro de Saúde de Loulé.

 

25/05/2014

A Comissão Coordenadora Distrital de Faro e a Comissão Coordenadora Concelhia de Loulé do Bloco de Esquerda