Share |

Do Dia do Trabalhador à Greve Geral

1º DE MAIO – DIA MUNDIAL DOS TRABALHADORES

30 DE MAIO – GREVE GERAL EM PORTUGAL

 

Aproxima-se o 1º de Maio e com ele as comemorações que, sobretudo pelo movimento sindical, se organizam para celebrar em todo o mundo o dia internacional dos trabalhadores.

Este ano, aos habituais festejos e animação que assinalam a data, associam-se fortes motivos de protesto e de luta contra os ataques governamentais e patronais a todos os trabalhadores: funcionários públicos, efectivos das empresas, jovens precários, imigrantes com ou sem contrato, desempregados de curta e longa duração, etc., etc.

É de tal forma a dimensão desses ataques que a CGTP decidiu convocar para o próximo dia 30 de Maio uma GREVE GERAL de todos os sectores do trabalho em Portugal.

Também no Algarve ambas as acções estão a ser preparadas pela União dos Sindicatos do Algarve (USAL) e pelos sindicatos.

O 1º de Maio irá ser comemorado em Faro, na Alameda João de Deus, nos moldes que têm sido habituais: animação infantil na manhã, seguida de piqueniques e almoço de confraternização. A partir das 16.00horas, manifestação de protesto pelas ruas de Faro. No regresso à Alameda, actuação de bandas musicais.

Para facilitar a presença de todos os que queiram participar nas comemorações, a USAL organiza a ida de autocarros de diversas localidades da região com regresso após a jornada, estando abertas inscrições que devem ser comunicadas para a USAL ou para a sede dos vários sindicatos.

A Greve Geral está já também no início dos seus preparativos. Os sindicatos vão realizar, durante todo o mês de Maio, diversas reuniões por todo o Algarve com os trabalhadores, seus associados ou não, nas empresas e serviços, para debater os motivos e a importância desta luta. Para além disso, será distribuída informação à população e aos utentes dos serviços (transportes, limpeza, hospitais, escolas, finanças, etc.) que, naturalmente serão afectados pela greve nesse dia. Será pedida a compreensão e o apoio, pois a luta defende não só os direitos laborais, como os direitos sociais de todos os cidadãos a uma melhor saúde, educação, segurança social, justiça…

O Grupo de Intervenção Laboral do BE/Algarve chama a atenção de todos os seus activistas e simpatizantes para a importância de estar presente nestas acções, como para ajudar à mobilização de muitos outros companheiros de trabalho e amigos, seja pelo contacto individual, seja integrando as iniciativas sindicais.

No sentido de preparar o contributo do Bloco para a Greve Geral no Algarve, bem como de outros aspectos da acção laboral na região, os elementos do Grupo de Intervenção Laboral juntar-se-ão, ao almoço do dia 1º de Maio, na Alameda João de Deus, em Faro. 

Serão bem vindos todos os que queiram fazer companhia e dar um dedo de conversa!

O Grupo de Intervenção Laboral do BE/Algarve

 

Se quiseres participar na Manifestação do 1º de Maio em Lisboa, podes descarregar para o computador o horário e ficha de inscrição para os transportes a partir do Algarve.

AnexoTamanho
ficha.pdf0 bytes
manifesto.pdf1.14 MB